Frio intenso, calor extremo, chuvas fortes e ventanias. Em 10 anos, Rio Preto teve uma série de eventos

rio-preto-reportagem

Ondas de calor intensas, períodos longos de secas, incêndios florestais, tempestades severas e chuvas volumosas. Moradores de Rio Preto e região já presenciaram todas essas situações nos últimos dez anos, mas a pergunta que fica é: será que tudo isso é consequência das mudanças climáticas?

Segundo Andréa Santos, professora do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPE/UFRJ), e secretária executiva do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas (PBMC),apesar de serem poucos os estudos para avaliar a vulnerabilidade da cidade e região de Rio Preto, conclui-se que existe uma relação direta na forma como alteramos o meio ambiente local com os impactos das mudanças climáticas.

Ela destaca que a urbanização desordenada, o desmatamento total ou parcial de florestas para culturas agropecuárias e emissões de gases poluentes das indústrias e dos automóveis contribuíram para aumentar a intensidade dos eventos climáticos já presenciados em uma década não só na cidade, mas também na região. “Temos a variabilidade natural do clima, contudo, a mudança climática de origem humana vem acelerando a curva de aquecimento do Planeta de forma assustadora. As consequências podem ser sentidas no Noroeste paulista na forma de intensas ondas de calor, tempestades com alto volume de pluviosidade ou, até mesmo, períodos longos de secas, influenciando a quantidade e a qualidade dos recursos hídricos disponíveis para o abastecimento das cidades”, informa.

O professor aposentado e biólogo da Unesp de Rio Preto, Arif Cais, também defende a ideia de que o desmatamento e a poluição, associados à urbanização não planejada, estão influenciando o clima local. Considerando a maior cidade da região, o professor destaca que a falta de áreas verdes no perímetro urbano propicia um ambiente que potencializa os efeitos das mudanças climáticas. “O município é uma verdadeira ilha de calor pela falta de verde. Com a acentuada
mudança climática mundial, sentimos, cada vez mais, a influência do desconforto que as altas temperaturas causam, associadas à poluição atmosférica promovida pela queima de combustível fóssil, que também emana para a atmosfera micro particulados nocivos à saúde”, enfatiza. Para diminuir esses impactos em Rio Preto e nas cidades da região, são necessárias políticas públicas eficientes e o reconhecimento por parte do poder público de que a mudança climática é real.
“Em questões ambientais devemos sempre mostrar o nosso inconformismo e lutar para que haja mudanças para se evitar o caos que se aproxima”, 
pontua Arif.

 

Leia a matéria completa aqui.

 

Aberto período para submissões para candidaturas de especialistas para participar da reunião de definição do escopo do sexto relatório de síntese da avaliação do painel intergovernamental de mudança do clima (IPCC)

Informamos que encontra-se aberto, até 31 de maio, o período de submissões para candidaturas de especialistas para participar da Reunião de Definição do Escopo do Sexto Relatório de Síntese da Avaliação do Painel Intergovernamental de Mudança do Clima (IPCC), a ser realizado em Cingapura, em 21 - 23 de outubro de 2019.

 

De acordo com o Apêndice A dos princípios que regem o trabalho do IPCC, seus relatórios devem ser precedidos por uma reunião de escopo para desenvolver o esboço preliminar. As indicações deverão ser realizadas pelos Pontos Focais do Governo, organizações observadoras e membros do Bureau. Um esboço preliminar amplo do Relatório de Síntese foi desenvolvido durante a reunião preliminar de escopo do Relatório de Síntese (SYR), realizada em Adis Abeba, de 1 a 5 de maio de 2017, e o Painel tomou nota do esboço preliminar amplo dos elementos gerais provisórios que sustentam o SYR, conforme documento IPCC-XLVI / Doc. 6: http://bit.ly/p46_doc6 .

 

Ainda segundo o Apêndice A dos princípios que regem o trabalho do IPCC, o Relatório de Síntese sintetizará e integrará os materiais contidos nos Relatórios de Avaliação e nos Relatórios Especiais do Sexto Ciclo de Avaliação e deverá ser escrito em um estilo não técnico adequado aos formuladores de políticas e abordar uma ampla gama de questões relevantes para a política, porém politicamente neutras, aprovadas pelo Painel.

 

Os participantes da reunião de escopo serão selecionados pelo Presidente do IPCC, em consulta com os Co-Presidentes dos Grupos de Trabalho, considerando os seguintes critérios: expertise científica, técnica e socioeconômica, incluindo a variedade de pontos de vista; representação geográfica; uma mistura de especialistas com e sem experiência anterior no IPCC; e equilíbrio de gênero.

 

O Relatório de Síntese da AR6, à medida que se baseia e complementa os três Relatórios Especiais e os três principais relatórios dos Grupos de Trabalho, assim como o relatório da Força Tarefa sobre Inventários Nacionais de Gases de Efeito Estufa (TFI), requer uma abordagem ampla conectando diversas áreas de conhecimento. Os participantes da Reunião de Escopo do Relatório de Síntese devem, além de ter uma forte competência em seu campo científico, ter uma sólida compreensão das interfaces entre as disciplinas e os Grupos de Trabalho do IPCC, bem como a expertise relevante para os relatórios do AR6. Por um lado, os participantes também devem ter uma percepção clara do que constitui um novo conhecimento, por outro, das principais necessidades da política, incluindo as da Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável.

 

Caso tenha interesse, envie seu currículo vitae (de no máximo de 4 páginas) em inglês, juntamente com o formulário de indicação anexo preenchido (note que ele possui duas abas). Observe também que o trabalho da Reunião de Escopo será conduzido apenas em inglês. O prazo para o encaminhamento é sexta, 31 de maio de 2019.

 

Não serão aceitas submissões após o prazo. A submissão deve indicar claramente seu campo de especialização. Uma carta de convite para a reunião de escopo será enviada para os indicados selecionados em meados de julho de 2019.

Aberto período para inscrição para participação da primeira minuta da contribuição do Grupo de Trabalho I para o Sexto Relatório de Avaliação (AR6), do IPCC

IPCC - Revisão por especialistas da primeira minuta da contribuição do Grupo de Trabalho I para o Sexto Relatório de Avaliação (AR6).

O IPCC deu Início ao processo de revisão por especialistas da primeira minuta da contribuição do Grupo de Trabalho I para o Sexto Relatório de Avaliação (AR6), a qual estará disponível para análise até 23 de junho de 2019, às 23:59 (GMT +2).

Os especialistas interessados deverão registrar-se diretamente no site do Secretariado do IPCC:

https://apps.ipcc.ch/comments/ar6wg1/fod/register.php.

 

Como nosso cérebro atrapalha o combate às mudanças climáticas

Sabemos que o aquecimento global está acontecendo. É consenso também que as mudanças climáticas são resultado do aumento das emissões de carbono pelas atividades humanas, como a degradação da terra e a queima de combustíveis fósseis. Por fim, sabemos que precisamos de uma solução urgente.

Um recente relatório internacional de especialistas em clima alerta que a Terra deve registrar um aquecimento médio de 1,5°C nos próximos 11 anos.

Quando isso finalmente ocorrer, podemos esperar um "aumento dos riscos para a saúde, meios de subsistência, segurança alimentar, abastecimento de água, segurança humana e crescimento econômico".

Leia completo em BBC.

More Articles...

  1. 12 excuses for climate inaction and how to refute them
  2. Uma concentração de CO2 nunca vista pela espécie humana.
  3. Bairro em Londres vai criar 11km de corredor de flores para abelhas
  4. It's Official: Atmospheric CO2 Just Exceeded 415 ppm For The First Time in Human History
  5. Carbon dioxide levels hit landmark at 415 ppm, highest in human history
  6. Mudanças climáticas no Rio e no mundo: a urgência de novos padrões
  7. Derretimento da Antártica já está seis vezes mais rápido do que há 40 anos
  8. O colapso da Terra está cada vez mais próximo
  9. ONU alerta contra impactos ambientais da dessalinização para fornecimento de água doce
  10. 1 milhão de espécies ameaçadas: o que diz preocupante relatório da ONU sobre impacto humano
  11. São Paulo está quente demais para maio
  12. Como a mudança climática está deixando os países ricos mais ricos, e os pobres mais pobres
  13. Permafrost collapse is accelerating carbon release
  14. Nasa instrument heads to space station to map CO2
  15. Agência norte-americana avisa comunidades para que se prepararem para a mudança do clima
  16. Parlamento britânico é o primeiro do mundo a declarar “emergência ambiental e climática”
  17. Entrevista do Mês: Eduardo Assad
  18. Cientistas discutem devastador custo da ação humana no planeta
  19. Novo ciclone atinge Moçambique seis semanas após o primeiro; ONU pede mais apoio
  20. NASA revela novas (e preocupantes) evidências do aquecimento global
  21. As chuvas extremas do Rio são a nova normalidade do clima?
  22. Temporais fazem parte de uma nova realidade, diz climatologista
  23. Motivo de caos no Rio, chuva anormal para outono é 'retrato de clima mais hostil'
  24. Humanidade consome recursos da Terra a taxas insustentáveis, alerta agência da ONU
  25. A diferença entre os impactos de um aquecimento de 1,5˚C ou 2˚C no planeta
  26. Emissões de carbono quebram o recorde em um retrocesso global devastador
  27. Demanda por energia dispara em 2018 e emissões batem recorde
  28. Situação do clima em 2018 mostrou aumento dos efeitos da mudança climática, diz relatório
  29. Reflexos do aquecimento global para a economia brasileira
  30. Falta de acesso à água afeta bilhões e provoca aumento de conflitos no mundo, diz relatório da ONU
  31. Terceiro Relatório de Atualização Bienal do Brasil
  32. Convite: Lançamento do Livro – Brasil: um futuro sustentável
  33. Artigo: A felicidade traz prosperidade
  34. Rio de Janeiro registra as temperaturas médias mais altas em 97 anos
  35. Biodiversidade é uma potência ainda subaproveitada no país.
  36. ‘Estresse térmico’ deixa pessoas mais nervosas nos dias quentes
  37. Groenlândia está derretendo mais rápido do que esperávamos e não há muito mais o que fazer
  38. Verão pode causar 'estresse térmico' no corpo
  39. Gelo da Antártica está derretendo seis vezes mais rápido do que há 40 anos, diz estudo
  40. 'A proteção do meio ambiente não pertence a nenhuma corrente política ou ideológica'
  41. Aquecimento dos oceanos ocorre em ritmo mais rápido que o esperado
  42. Verão tem temperaturas mais altas que as do ano passado; tendência é esquentar
  43. Agro holandês é POP
  44. Animais silvestres em perigo: projeto de lei libera caça no Brasil, também em unidades de conservação. E muito mais!
  45. Chuvas torrenciais e muito calor: o que determina o clima das grandes cidades?
  46. Verão de 2019 vai ser escaldante e já sabemos qual mês será o pior
  47. Ministério do Meio Ambiente oferece 8 cursos na área socioambiental
  48. Agenda do Evento de Lançamento do Relatório "Potência Ambiental da Biodiversidade: um caminho inovador para o Brasil"
  49. COP 24 aprova 'livro de regras' do Acordo de Paris
  50. Relatório encomendado pela própria UNFCCC sobre o aquecimento
  51. Secretário-geral da ONU alerta que planeta não pode se permitir fracassar na COP 24
  52. Brasil perderá se sair do acordo climático, diz ex-negociador dos EUA
  53. 1. SBPC se manifesta contra a saída do Brasil do Acordo de Paris
  54. A COP24 em Katowice terminou neste domingo, por volta das 00:30h.
  55. Artigo: Capitalismo climático Para a obtenção do lucro, é fundamental que se limite o aumento de temperatura da Terra
  56. Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas e a Fundação Grupo Boticário lançam Sumário para Tomadores de Decisão sobre biodiversidade e clima na COP24
  57. Relatório Especial “Potência Ambiental da Biodiversidade: um caminho inovador para o Brasil”
  58. 1º Fórum Brasileiro de Transição Energética
  59. Evento de Lançamento do Sumário para Tomadores de Decisão (STD) do PBMC e BPBES – Espaço Brasil na COP-24
  60. COP24 "Eles chegaram a Katowice de bicicleta"
  61. Como anda a COP14 da Biodiversidade?
  62. Moving for Climate NOW
  63. 2018 UN Biodiversity Conference
  64. Primeira chuva no Atacama em 500 anos destrói vários micróbios
  65. Temperatura do planeta poderá aumentar 3,2 graus Celsius, muito além da meta de 1,5
  66. Biodiversidade é 'galinha de ovos de ouro' desperdiçada no Brasil, mostra relatório
  67. Impacto das mudanças climáticas intensificam incêndios na Califórnia
  68. Biodiversidade não é problema, é solução
  69. BRASIL pode ser líder em desenvolvimento sustentável, dizem cientistas
  70. Aquecimento climático em São Paulo já é o dobro da meta global
  71. Não é só pelo 1,5ºC
  72. Chamada pública "Boas práticas de sustentabilidade A3P"
  73. Ministro divulga nota sobre fusão com o MAPA
  74. Fome: aquecimento aumenta o risco de uma nova grande crise global
  75. Populações de animais caíram 60% em 44 anos, alerta WWF
  76. Anúncio da fusão dos ministérios da Agricultura e Meio Ambiente preocupa a Coalizão Brasil
  77. Remote Hawaiian Island Wiped Off The Map
  78. Dados do Inpe sugerem aceleração da área desmatada na Amazônia
  79. O que precisa ser feito em cada setor para limitar o aquecimento global em 1,5oC?
  80. 1,5°C a mais até o fim do século - otimismo possível?
  81. O Brasil e a biodiversidade
  82. Aquecimento global está acima da meta, diz IPCC
  83. Análise: Relatório do IPCC força aquecimento global sobre agenda dos candidatos a presidente
  84. ONU dá último alerta para evitar a catástrofe climática
  85. Educação ambiental abre 16 mil vagas
  86. 37 things you need to know about 1.5C global warming
  87. We have 12 years to limit climate change catastrophe, warns UN
  88. Leaked US critique of climate report sets stage for political showdown in Korea
  89. Aquecimento global pode modificar eixo de rotação da Terra, aponta estudo da Nasa.
  90. Mobilidade elétrica na cidade: Veículos Coletivos e de Carga
  91. Aquecimento eleva risco de desertificação no Nordeste
  92. DERRETIMENTO DO PERMAFROST ESGOTA O ORÇAMENTO DE CARBONO ANTES DO PREVISTO
  93. Ações para reduzir emissões na agricultura ainda não são suficientes Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link https://www.valor.com.br/agro/5852317/acoes-para-reduzir-emissoes-na-agricultura-ainda-nao-sao-suficientes o
  94. IV ENPJA ocorre em setembro
  95. Abordagens metodológicas para análise de Vulnerabilidades à Mudanças Climáticas
  96. A Cidade Universitária e o Consumo de Energia - Hoje
  97. Marcha pelo clima reúne mais de 30 mil pessoas nos EUA.
  98. Mobilização global ‘Una-se pelo clima’ realiza ações em mais de 90 países
  99. Navio bate em ponte e aeroporto fica isolado na passagem do Tufão Jebi no Japão
  100. NASA Discovers Bubbling Lakes In The Remote Arctic - A Sign Of Global Warming

Unicast