Carbon dioxide levels hit landmark at 415 ppm, highest in human history

"We don't know a planet like this," Eric Holthaus, a meteorologist and writer at Grist, an online environmental magazine, posted on Twitter.

Carbon dioxide (CO2) concentrations have skyrocketed far higher than any levels in more than 800,000 years, according to data from the Scripps Institution of Oceanography at the University of California-San Diego, and levels have not been this high for millions of years, Holthaus said.

"This is the first time in human history our planet's atmosphere has had more than 415 ppm CO2," Holthaus tweeted. "Not just in recorded history, not just since the invention of agriculture 10,000 years ago. Since before modern humans existed millions of years ago."

Read more at USA TODAY

Brasil não assina acordo mundial para lidar com resíduos plásticos

Um acordo para limitar o volume mundial de resíduos plásticos foi assinado por 187 países – da Noruega à Nicarágua. O Brasil, assim como Estados Unidos e Argentinas, se opuseram à iniciativa definida na reunião ocorrida em Genebra (Suíça), que permitiu introduzir emendas principalmente nas convenções de Basileia e Estocolmo, para controlar melhor o tráfego internacional e o impacto ambiental do lixo plástico.

Por serem mal administrados, grande parte desses rejeitos poluentes vão parar todos os anos nos mares. Calcula-se que até 2050 eles deverão superar a quantidade de peixes nas águas do mundo. A iniciativa proposta pelas Organização das Nações Unidas (ONU) visa a reduzir, a partir de 2020, a quantidade de resíduos plásticos difíceis de reciclar enviados para nações mais pobres. Significa que os países que exportam plástico precisarão do consentimento dos países importadores quando se trata de lixo plástico contaminado, misto ou não reciclável – o que não acontecia até então.

Brasil é dos que mais produz e menos recicla plástico no mundo

Segundo comunicado da ONU, a medida deve tornar o comércio global de resíduos plásticos “mais transparente e mais bem regulado” e, ao mesmo tempo, garantir que o processo seja “mais seguro para a saúde humana e para o meio ambiente”.

A China era a maior importadora mundial de sucata de plástico, até 2018, quando parou de aceitar esse comércio, deixando milhares de toneladas desse resíduo no limbo. Sua postura levou a uma série de leis similares em vários países do sudeste asiático, incluindo Vietnã e Malásia, que foram sobrecarregados com o desperdício após a proibição da China.

Leia completo em MSN

Mudanças climáticas no Rio e no mundo: a urgência de novos padrões

O Rio de Janeiro vive dias cada vez mais quentes e assiste a tempestades cada vez mais intensas e frequentes, com ventanias que têm chegado perto da escala de furacão. Nos municípios litorâneos próximos, que compartilham do mesmo clima, a situação não é muito diferente. As cidades menos populosas, distantes da região metropolitana, também vivem os efeitos do aquecimento global, com eventos climáticos cada vez mais extremos, embora possam não ter se transformado em ilhas de calor – locais cuja temperatura sofre elevação anômala em função da grande concentração de asfalto e concreto e dos elevados índices de poluição atmosférica e desmatamento.

Na região Sudeste do Brasil, vários fatores relacionados às mudanças climáticas têm contribuído para o aumento das atividades ciclônicas (relativas ao encontro entre as massas de ar quente e fria) e das chuvas. Em Ilha Bela, no litoral norte de São Paulo, onde, recentemente, uma tormenta lançou ao mar várias pessoas que passeavam de barco, o pescador Matias Gomes contou à imprensa que, em quase 30 anos de experiência, nunca havia visto um vento sudoeste com tamanha força no mar.

Apesar do aumento da intensidade e da frequência dos eventos climáticos extremos, o Brasil voltou a aumentar sua emissão de gases de efeito estufa, graças, principalmente, ao contínuo crescimento das cidades em padrões não sustentáveis e à ampliação do desmatamento da Floresta Amazônica, que remove dióxido de carbono (CO₂) da atmosfera em altas taxas, por meio da fotossíntese.

Satélites internacionais de monitoramento da Amazônia registraram, no fim de 2018, um aumento de quase 14% do desmatamento da floresta em relação ao ano anterior. Alegando preocupação com esse quadro, mais de 600 cientistas europeus assinaram um manifesto, publicado na revista Science de abril, pedindo para que a União Europeia condicione a compra de insumos brasileiros ao cumprimento de compromissos ambientais.

No caminho oposto do Brasil, que tem aumentado sua emissão de gases de efeito estufa, o Parlamento Britânico declarou estado de emergência climática, com vistas a zerar a emissão de carbono, na Grã-Bretanha, até 2050. Segundo estimativas do Comitê de Mudanças Climáticas do país, o custo para atingir as metas é de 1% a 2% do PIB ao ano. Consideram, contudo, que, se nada fizerem, o preço será muito maior.

Leia completo em MultiRio

Derretimento da Antártica já está seis vezes mais rápido do que há 40 anos

Reportagem especial de Sônia Bridi e Paulo Zero mostra os efeitos da ação humana, destacados em relatório da ONU esta semana, no continente mais gelado do planeta.

Um relatório divulgado, esta semana, pelas Nações Unidas comprova que está ocorrendo uma destruição de espécies animais e vegetais sem precedentes. Os seres humanos estão alterando o meio ambiente de forma tão dramática que um milhão de espécies de animais e plantas correm risco de extinção.

O estudo da ONU aponta que cerca de três quartos da área terrestre do planeta já foram alterados pelo homem. Um lugar no planeta onde os efeitos das mudanças climáticas já são claros é a Antártica. A jornalista Sônia Bridi e o fotógrafo Paulo Zero estiveram lá recentemente e foi possível ver de perto: o continente gelado está derretendo mais do que se esperava.

Leia completo em G1

Mais itens...

  1. O colapso da Terra está cada vez mais próximo
  2. ONU alerta contra impactos ambientais da dessalinização para fornecimento de água doce
  3. 1 milhão de espécies ameaçadas: o que diz preocupante relatório da ONU sobre impacto humano
  4. São Paulo está quente demais para maio
  5. Como a mudança climática está deixando os países ricos mais ricos, e os pobres mais pobres
  6. Permafrost collapse is accelerating carbon release
  7. Nasa instrument heads to space station to map CO2
  8. Agência norte-americana avisa comunidades para que se prepararem para a mudança do clima
  9. Parlamento britânico é o primeiro do mundo a declarar “emergência ambiental e climática”
  10. Entrevista do Mês: Eduardo Assad
  11. Cientistas discutem devastador custo da ação humana no planeta
  12. Novo ciclone atinge Moçambique seis semanas após o primeiro; ONU pede mais apoio
  13. NASA revela novas (e preocupantes) evidências do aquecimento global
  14. 'Potência ambiental' casa com nacionalismo do governo, vê especialista
  15. Onze estados brasileiros entram em acordo para combater o aquecimento global
  16. As chuvas extremas do Rio são a nova normalidade do clima?
  17. Temporais fazem parte de uma nova realidade, diz climatologista
  18. Tempestade no Rio: autoridades ainda não entenderam que clima do país mudou
  19. Motivo de caos no Rio, chuva anormal para outono é 'retrato de clima mais hostil'
  20. Humanidade consome recursos da Terra a taxas insustentáveis, alerta agência da ONU
  21. A diferença entre os impactos de um aquecimento de 1,5˚C ou 2˚C no planeta
  22. Emissões de carbono quebram o recorde em um retrocesso global devastador
  23. Primeiro de Abril
  24. Bem-vindos ao novo normal, em que Brasil batiza tempestades
  25. Demanda por energia dispara em 2018 e emissões batem recorde
  26. Situação do clima em 2018 mostrou aumento dos efeitos da mudança climática, diz relatório
  27. Reflexos do aquecimento global para a economia brasileira
  28. Falta de acesso à água afeta bilhões e provoca aumento de conflitos no mundo, diz relatório da ONU
  29. Terceiro Relatório de Atualização Bienal do Brasil
  30. Convite: Lançamento do Livro – Brasil: um futuro sustentável
  31. Artigo: A felicidade traz prosperidade
  32. Rio de Janeiro registra as temperaturas médias mais altas em 97 anos
  33. Biodiversidade é uma potência ainda subaproveitada no país.
  34. ‘Estresse térmico’ deixa pessoas mais nervosas nos dias quentes
  35. Groenlândia está derretendo mais rápido do que esperávamos e não há muito mais o que fazer
  36. Verão pode causar 'estresse térmico' no corpo
  37. Ministra da Agricultura ironiza Gisele e diz querer modelo como embaixadora.
  38. Gelo da Antártica está derretendo seis vezes mais rápido do que há 40 anos, diz estudo
  39. 'A proteção do meio ambiente não pertence a nenhuma corrente política ou ideológica'
  40. Aquecimento dos oceanos ocorre em ritmo mais rápido que o esperado
  41. A Amazônia se aproxima do ponto de ruptura, diz Carlos Nobre
  42. Verão tem temperaturas mais altas que as do ano passado; tendência é esquentar
  43. Agro holandês é POP
  44. Animais silvestres em perigo: projeto de lei libera caça no Brasil, também em unidades de conservação. E muito mais!
  45. Chuvas torrenciais e muito calor: o que determina o clima das grandes cidades?
  46. Verão de 2019 vai ser escaldante e já sabemos qual mês será o pior
  47. In Climate Change Fight, Brazil Owes Nothing, Minister Says
  48. Governo acaba com secretaria dedicada a mudanças climáticas e gera temor entre cientistas
  49. Ministério do Meio Ambiente oferece 8 cursos na área socioambiental
  50. Agenda do Evento de Lançamento do Relatório "Potência Ambiental da Biodiversidade: um caminho inovador para o Brasil"
  51. COP 24 aprova 'livro de regras' do Acordo de Paris
  52. Relatório encomendado pela própria UNFCCC sobre o aquecimento
  53. Ministros chegam para completar livro de regras de Paris (e, quem sabe, salvar o IPCC)
  54. Secretário-geral da ONU alerta que planeta não pode se permitir fracassar na COP 24
  55. Brasil perderá se sair do acordo climático, diz ex-negociador dos EUA
  56. 1. SBPC se manifesta contra a saída do Brasil do Acordo de Paris
  57. A COP24 em Katowice terminou neste domingo, por volta das 00:30h.
  58. Artigo: Capitalismo climático Para a obtenção do lucro, é fundamental que se limite o aumento de temperatura da Terra
  59. Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas e a Fundação Grupo Boticário lançam Sumário para Tomadores de Decisão sobre biodiversidade e clima na COP24
  60. Relatório Especial “Potência Ambiental da Biodiversidade: um caminho inovador para o Brasil”
  61. 1º Fórum Brasileiro de Transição Energética
  62. Evento de Lançamento do Sumário para Tomadores de Decisão (STD) do PBMC e BPBES – Espaço Brasil na COP-24
  63. “Bolsonaro cree que el cambio climático es una cosa de activistas que gritan”
  64. COP24 "Eles chegaram a Katowice de bicicleta"
  65. Como anda a COP14 da Biodiversidade?
  66. Moving for Climate NOW
  67. 2018 UN Biodiversity Conference
  68. Primeira chuva no Atacama em 500 anos destrói vários micróbios
  69. Novo ministro de Relações Exteriores do Brasil acredita que as mudanças climáticas são “conspiração marxista”
  70. Temperatura do planeta poderá aumentar 3,2 graus Celsius, muito além da meta de 1,5
  71. Biodiversidade é 'galinha de ovos de ouro' desperdiçada no Brasil, mostra relatório
  72. Impacto das mudanças climáticas intensificam incêndios na Califórnia
  73. Biodiversidade não é problema, é solução
  74. BRASIL pode ser líder em desenvolvimento sustentável, dizem cientistas
  75. Amazônia está próxima de atingir percentual irreversível de desmatamento
  76. Aquecimento climático em São Paulo já é o dobro da meta global
  77. Não é só pelo 1,5ºC
  78. Chamada pública "Boas práticas de sustentabilidade A3P"
  79. Ministro divulga nota sobre fusão com o MAPA
  80. Fome: aquecimento aumenta o risco de uma nova grande crise global
  81. Populações de animais caíram 60% em 44 anos, alerta WWF
  82. Anúncio da fusão dos ministérios da Agricultura e Meio Ambiente preocupa a Coalizão Brasil
  83. Remote Hawaiian Island Wiped Off The Map
  84. Dados do Inpe sugerem aceleração da área desmatada na Amazônia
  85. O que precisa ser feito em cada setor para limitar o aquecimento global em 1,5oC?
  86. Cientista alerta que aumentar a área da agropecuária e destruir florestas causará prejuízos à economia
  87. 1,5°C a mais até o fim do século - otimismo possível?
  88. O Brasil e a biodiversidade
  89. Aquecimento global está acima da meta, diz IPCC
  90. Análise: Relatório do IPCC força aquecimento global sobre agenda dos candidatos a presidente
  91. ONU dá último alerta para evitar a catástrofe climática
  92. Educação ambiental abre 16 mil vagas
  93. 37 things you need to know about 1.5C global warming
  94. We have 12 years to limit climate change catastrophe, warns UN
  95. Leaked US critique of climate report sets stage for political showdown in Korea
  96. Aquecimento global pode modificar eixo de rotação da Terra, aponta estudo da Nasa.
  97. Mobilidade elétrica na cidade: Veículos Coletivos e de Carga
  98. Aquecimento eleva risco de desertificação no Nordeste
  99. DERRETIMENTO DO PERMAFROST ESGOTA O ORÇAMENTO DE CARBONO ANTES DO PREVISTO
  100. Ações para reduzir emissões na agricultura ainda não são suficientes Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link https://www.valor.com.br/agro/5852317/acoes-para-reduzir-emissoes-na-agricultura-ainda-nao-sao-suficientes o

Unicast